O senador Ed Markey diz a Elon Musk para consertar o Twitter, ou o Congresso o fará

Elon Musk é mostrado fazendo uma cara engraçada e dando dois polegares para cima.

Olha quem você está enganando, Elon.
foto: Britta Pedersen-Pool (Imagens Getty)

Embora às vezes pareça que ninguém pode impedir o dono do Twitter, Elon Musk, de fazer o que quiser com a plataforma, o senador de Massachusetts Ed Markey lembrou recentemente ao bilionário que há ainda coisas chamadas de “leis”, dizendo ao bilionário Domingo para consertar seus negócios “ou o Congresso o fará”.

A treta de Markey com Musk começou Sexta-feira quando o senador democrata tuitou ao CEO da SpaceX e o informou que um repórter do Washington Post conseguiu criar uma conta verificada que se fazia passar por legislador (Etodos e sua mãe tinham eu usurpei Elon Musk). O senador anexado uma letra pedindo a Musk que explicasse como isso aconteceu e abordasse o caos com a representação do Twitter e carrapatos azuis pagos. Na carta, Markey disse que o CEO da Tesla tinha até 25 de novembro para responder por escrito às suas perguntas.

Musk, como todos sabem, não aceita críticas muito bem e decidiu brincar com Markey em vez de abordar as preocupações do senador.

“Talvez seja porque sua conta real soa como uma paródia?” Almíscar tuitou no Markey domingo cedo. “E por que seu [profile picture] tem máscara? »

Markey didn’t take kindly to Musk’s trolling and pointed out some of the many problems his companies are in.

“One of your companies is under an FTC consent decree. Auto safety watchdog NHTSA is investigating another for killing people,” the senator tweeted at Musk on Sunday. “And you’re spending your time picking fights online. Fix your companies. Or Congress will.”

Ouch. What a burn.

Although picking fights online seems to be ingrained in Musk’s DNA, it probably wasn’t a smart move to pick a fight with a senator that happens to sit on a lot of committees that oversee his companies. Markey sits on the Senate’s Commerce, Transportation, and Finance Committee and is part of many subcommittees which oversee Twitter, Tesla, and SpaceX.

Notably, Markey isn’t the only government official paying attention to Musk. Last week, após renúncia CISO do Twitter, Diretor de Privacidade e Diretor de Conformidade, Membros da Federal Trade Commission declarado que eles eram seguindo os recentes desenvolvimentos no Twitter “com profunda preocupação”.

“Nenhum CEO ou empresa está acima da lei e as empresas devem seguir nossos decretos de consentimento”, disse um porta-voz da FTC.. “Nossa ordem de consentimento revisada nos fornece novas ferramentas para garantir a conformidade e estamos prontos para usá-las.”

O Twitter está atualmente sujeito a dois decretos de consentimento da FTC por violar a privacidade e a segurança do usuário nos últimos anos. Em maio, a FTC multou a empresa $ 150 milhões por violar um decreto de consentimento de 2011 que proíbe a empresa de usar as informações coletadas dos usuários em nome da segurança para fins publicitários. Sob um novo acordo entre o Twitter e a FTC, a agência monitorará de perto as práticas de privacidade e segurança do Twitter nos próximos 20 anos. Ex-chefe de segurança do Twitter alegou em um relatório do denunciante durante o verão que a empresa manteve políticas de segurança negligentes e não protegeu as informações do usuário.

Se o Twitter violar seus acordos com a FTC, corre o risco de pagar bilhões em multas.